Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Fanzine ( fã de revista) - E.E.M.Marconi

A atividade do dia 16/11 proposta pelos pibidianos da Escola Municipal Marconi  foi o Fanzine ( fã de revistas) que tem por objetivo a construção da sua própria revista, os bolsistas apresentaram a proposta para os alunos e não esperavam que a atividade fizesse tanto sucesso como fez. Os alunos queriam construir mais páginas para a revista e ainda para a nossa surpresa os textos produzidos pelas crianças vinha de uma fantástica criatividade e subjetividade. 
Crianças tão pequenas com pensamentos críticos e positivos relativos ao nosso país. 
Essa atividade, para nós futuros docentes teve uma grande significância  para nossa formação, nos fez poder acreditar que nossas crianças almejam um futuro melhor, saímos dali orgulhosos e esperançosos.

Feira de Ciências da EE Pandiá Calógeras

PIBID-UEMG/FaE/CBH presente na Feira de Ciências da EE Pandiá Calógeras.

Momento único, onde a equipe PIBID atuante no Pandiá pode apresentar as famílias e aos alunos do Ensino Fundamental anos finais, a trajetória do PIBID dentro do Pandiá, bem como expor alguns trabalhos gerados nas atuações junto ao 4º ano (anos iniciais do ensino fundamental), incluindo a horta em construção, 

a oficina de compostagem e também oferecer uma degustação de alguns alimentos como proposta de uma alimentação equilibrada e saudável.





Envolver os pequenos no mundo da Ciência logo cedo e de forma prazerosa é o primeiro passo para organizar uma boa mostra.





O objetivo do projeto é permitir que os alunos, juntamente com seus familiares, reflitam sobre seus hábitos alimentares e das consequências que esses hábitos têm na sua saúde.


Projeto PIBID visa às rotinas voltadas ao ensino e à aprendizagem, relacionado à promoção e à reflexão no ambiente escolar, dos hábitos alimentares dos alunos.


Alunos da E.M.Marconi vão ao Be Green

Os alunos da E.M. Marconi visitaram  ao Be Green A ideia da fazenda urbana é justamente cultivar produtos orgânicos o mais perto possível do consumidor. Por exemplo, ao lado de um shopping center.
As hortaliças da Be Green não têm agrotóxicos e são vendidas a 5 reais a unidade. É isso mesmo que eles estão fazendo, ao ocupar uma área externa do Boulevard Shopping com uma estufa de 1 500 m² com capacidade para produzir 40 mil pés de alface baby, e algumas ervas, por mês. Tudo orgânico, sem agrotóxicos.


Nesse passeio, os alunos tiveram oportunidade de cultivar novas experiências e ficara pertinho de uma vida mais sustentável. 

“Hoje, a cadeia de é ilógica. O alimento viaja 150 quilômetros até chegar ao seu prato. Isso aumenta o custo, o desperdício e não remunera bem o produtor”



“Quando as pessoas vêm para a cidade, perdem a conexão com a comida. O leite vem da caixinha. É bom mostrar para a criança que alface não vem da geladeira”
A visita guiada às estufas permitiu-nos conhecer na íntegra …